Passaportes de animais de estimação para viajar com seu animal de estimação

Se você planeja viajar com seu animal de estimação, seja para férias curtas ou como parte de uma mudança de longo prazo, precisará entender as regras sobre passaportes para animais de estimação.

O que é um passaporte para animais de estimação?

Um passaporte para animais de estimação pode ser emitido para cães, gatos e furões e lista os detalhes de quaisquer tratamentos ou vacinas que seu animal possa ter recebido. Como os passaportes humanos, também é uma forma de identificação; portanto, este documento conterá detalhes da descrição e propriedade do seu animal de estimação, vinculados ao microchip de identificação do animal.

IMPLANTAÇÃO DO MICROCHIP

A primeira coisa a ser feita é implementar o chip no seu PET, e lembre-se que, tal chip para ser aceito, tem que ser no padrão ISO 11784/85. Esse chip é muito importante pois é nele que estarão contidos todos os seus dados para possíveis análises e verificações.

VACINA ANTIRRÁBICA

Essa vacina é a segunda etapa desse processo, e deve ser feita APÓS a implantação do chip! Importante lembrar disso, porque caso contrário não será aceito pela União Européia.

COLETA DE SANGUE

Após passados 30 dias da vacina, você precisará fazer a coleta de sangue do seu bichinho e enviar o SORO para o CCZ: Centro de Controle de Zoonozes de São Paulo, único órgão aceito pela União Européia para a realização deste teste. Então já saiba que se você não é de São Paulo precisará providenciar o envio do soro para esse local.

Porém, lendo um comentário de uma inscrita do canal que está passando por esse procedimento, ela me informou que o CCZ não está fazendo o exame!

Teve uma época que sei que eles pararam, mas após um período retornaram!

Tanto que teve pessoas que tiveram que mandar pra outro país! Então fique de olho para saber se estão fazendo ou então qual órgão está fazendo que tenha aceitação pela União Europeia!

Duas observações importantes a serem feitas é que: seu cão deve estar em jejum de 8 horas para não interferir nos resultados e que a coleta de sangue deve ser feita com no mínimo 90 dias antes do embarque.

ATESTADO DE SAÚDE ANIMAL

Agora que você já passou pelos procedimentos citados acima, chegou a hora de ir veterinário providenciar o Atestado de Saúde do seu PET. Você deverá levar a carteira de vacinação e o laudo da sorologia emitido pelo CCZ.

AGENDAMENTO NO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA (M.A.P.A)

Agora que você já tem o Atestado em mãos e já providenciou todos os passos acima (Chip, Vacina, Coleta e Atestado) você fará o agendamento (via telefone) no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que fica localizado dentro do aeroporto.

Lá será emitido a permissão para a viagem (CVI), onde consta que está tudo ok com a documentação que você levou do seu PET.

Esse documento tem um prazo para ser emitido em até 48 horas e sua validade é de apenas 10 dias, então fique de olho com a data da viagem para estar dentro desse prazo!

É importante você levar também ao M.A.P.A os bilhetes aéreos; seus documentos; dizer qual o país que você estará indo bem como o endereço que você ficará; requerimento para fiscalização de animais da companhia aérea que você viajará e, já ouvi dizer também que, é importante levar duas cópias desses documentos, mas não vou entrar em detalhes pois não sei muito bem à respeito.

Quanto custa viajar com o pet no avião?

Essa é a parte mais polêmica de todo o post. Isso porque os boatos dizem que é necessário comprar uma nova passagem para cada animal, o que é mentira.

As taxas, assim como algumas regras, variam muito. Tenha em mente que em voos com conexões, o preço pode aumentar.

Este é o caso da KLM, que possui lounges especiais para animais de estimação em conexões. Assim eles saem da aeronave e podem beber água, comer, fazer necessidades e passear.

Vale lembrar que estamos falando do preço para levar o animal e não estamos incluindo a série de exames, medicamentos e documentos que você terá que fazer.

Dica:

  • É aconselhável começar a organizar seu passaporte para animais de estimação 5 a 6 meses antes de viajar para dar tempo para as verificações ou vacinas necessárias.

  • Algumas companhias aéreas têm limites de PETs por voo, então, quando decidir a data da viagem, veja se estará tudo ok para levar o seu!

  • Escolhas voos com menor duração de viagem e escalas, assim seu PET não ficará tão cansado!

  • Veja bem sobre a companhia aérea e quais são os procedimentos adotados pela empresa. Na Ibéria por exemplo, existe o compartilhamento de carga viva, um local climatizado onde vai seu PET, caso ele não atenda as normas de ir na cabine (varia entre 8 a 10 kg para ele ir na cabine com você);


Espero ter ajudado você a conseguir levar seu animalzinho de estimação para morar com você na Itália.

Você pode conversar conosco através do WhatsApp, clique no botão abaixo:

IaltText

Passaportes de animais de estimação para viajar com seu animal de estimação
Compartilhar